Fla vence o Inter de virada, assume a liderança na penúltima rodada e só depende de si para ser campeão

O Flamengo está a uma vitória de se tornar octacampeão brasileiro. Depois de 90 minutos intensos, agitados e de emoções variadas no Maracanã, o Rubro-Negro assumiu a liderança do Brasileirão neste domingo pela primeira vez e em um momento chave da competição. Com gol de Gabigol, o Fla venceu de virada a “decisão antecipada” contra o Internacional por 2 a 1, pela 37ª rodada, e passou a depender somente de si para ficar com o título na próxima quinta-feira. Depois de o Colorado abrir o placar de pênalti com Edenilson no primeiro tempo, o time carioca empatou com Arrascaeta ainda nos 45 minutos iniciais. No segundo tempo, Rodinei foi expulso aos três minutos e abriu espaço para a construção da vitória do ex-clube, decretada no chute de Gabriel. Há 41 anos, 1 meses, e 26 dias na fila de espera para voltar a conquistar o Brasil, o Colorado caiu para segundo e passou a depender também de um tropeço do Flamengo contra o São Paulo para soltar o grito entalado de campeão.

Com a vitória, o Flamengo chega aos 71 pontos e assume a liderança do Brasileirão com uma rodada para o fim. Com 69, o Internacional cai para o segundo lugar. Os dois times voltam a campo na próxima quinta-feira, às 21h30. O Fla vai até o Morumbi enfrentar o São Paulo, enquanto o Colorado recebe o Corinthians no Beira-Rio. Confira os cenários para o título na última rodada.

Vitória do Flamengo sobre o São Paulo: Fla campeão.

Empate do Flamengo com o São Paulo e vitória do Internacional sobre o Corinthians: Colorado campeão.

Empate do Flamengo com o São Paulo e empate ou derrota do Internacional no jogo contra o Corinthians: Fla campeão.

Derrota do Flamengo para o São Paulo e vitória do Internacional sobre o Corinthians: Colorado campeão.

Derrota do Flamengo para o São Paulo e derrota do Colorado para o Corinthians: Fla campeão.

O jogo começou agitado e tenso no Maracanã. A primeira investida ao gol foi do Flamengo, com Bruno Henrique fazendo jogada individual pela esquerda e chutando colocado para a defesa de Marcelo Lomba. No lance seguinte, aos 8 minutos, Gustavo Henrique puxou Yuri Alberto na área e a arbitragem marcou o pênalti para o Inter. Edinilson cobrou bem e abriu o placar para o Colorado. A vantagem não fez o Inter recuar. Minutos depois, Edenilson lançou Yuri Alberto na frente, que chutou com a marcação em cima. A bola saiu pela linha de fundo. Com a necessidade da vitória para assumir a ponta, o Rubro-Negro passou a se lançar ao ataque, só que tinha dificuldades para ameaçar. Mas, aos 28, após grande jogada de Bruno Henrique, Arrascaeta recebeu na área e mandou para o gol para empatar. Após a igualdade no marcador, o jogo seguiu aberto, mas sem grandes chances até os 42 minutos, quando Rodinei avançou pela direita, bateu forte cruzado e acertou o travessão rubro-negro.

No primeiro lance da segunda etapa, um lance decisivo: Rodinei foi expulso por entrada dura em Filipe Luís. O árbitro Raphael Claus tomou a decisão após consultar o VAR. Com um a mais, o Flamengo se lançou ao ataque e conseguiu a virada aos 17. Arrascaeta recebeu de Bruno Henrique e deu passe açucarado para Gabigol na área. O atacante, sem precisar dominar, finalizou na saída de Lomba e colocou o Fla na frente. Com a vantagem no marcador, o Flamengo seguiu investindo no ataque, enquanto o Inter tentava de forma desesperada criar jogadas com um homem a menos. Aos 34, Pedro recebeu na área e marcou. Mas a arbitragem, corretamente, anulou o gol por impedimento. Aos 47, Pedro marcou outra vez e o lance foi anulado após análise do VAR. No fim, o Inter insistiu, mas quem deixou o Maracanã perto do título foi o Flamengo.

Em 2009, o Flamengo venceu o Corinthians por 2 a 0 na 37ª rodada e assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro faltando uma rodada para o fim. Após a vitória sobre o Grêmio na última rodada, o time foi campeão. Na edição 2020, o Rubro-Negro novamente assume a ponta pela primeira vez em um momento decisivo da competição e chega na última rodada dependendo somente de si.

Personagem da semana pela história do pagamento da multa de R$ 1 milhão para ser escalado, Rodinei também ficará marcado no campo de jogo. Aos três minutos do segundo tempo, o lateral do Inter foi expulso por entrada dura em Filipe Luís. O árbitro Raphael Claus tomou a decisão após consultar o VAR. Com um a menos, o Inter não conseguiu evitar a virada rubro-negra.

Comentários estão fechados.