EP alega que MDB convidou advogada em “momento de raiva” em MT

 

O prefeito Emanuel Pinheiro disse que o deputado federal e presidente estadual do MDB, Carlos Bezerra, “falhou” ao convidar a advogada Gisela Simona (Pros) para se filiar a legenda. Nesta segunda-feira (8), o emedebista preferiu não se estender sobre o assunto.

No entanto, afirmou que ainda vai conversaria com o parlamentar que comanda a legenda há décadas no Estado. “Eu não conversei com ele ainda, mas considerei como um ato falho em um momento de raiva e indignação. Todo mundo tem erros e acertos, mas isso vai ser conversado e debatido”, disse.

As declarações ocorrem em meio as tratativas para que Gisela deixe o Partido Republicano da Ordem Social (Pros) para concorrer às eleições pelo MDB em 2022. O “passaporte” foi referendado por Bezerra há algumas semanas.

As negociações vêm sendo impulsionadas pela deputada Janaina Riva, que tem atuado como “interlocutora” nesse processo. Na semana passada, a parlamentar afirmou que Gisela estaria “animada” com a possibilidade.

Em contrapartida, a superintendente do Procon estaria incomodada com a presença do prefeito cuiabano. Inclusive, esse seria o principal empecilho para que a advogada se juntasse ao time emedebista.

A resistência tem como pano de fundo as eleições municipais de 2020, onde Gisela ficou em terceiro lugar no primeiro turno e, no segundo turno, apoiou o candidato da oposição, Abílio Junior (PODE), fazendo duras críticas a gestor municipal, que na época, buscava a reeleição. Um dos principais embates entre ela e o prefeito ocorreu durante um debate realizado pela TV Vila Real, onde a então candidata chegou a rotular o atual prefeito como “símbolo nacional da corrupção”.

Nesse contexto, Riva tem tentado exercer uma forte pressão para que o prefeito cuiabano deixe a sigla. No entanto, apesar de todos os desgastes, Emanuel sustenta manter uma boa relação com alguns membros da sigla, inclusive com o chefe do MDB. “Eu converso com o Carlos Bezerra toda hora, ele gosta de mim e eu gosto dele. Tenho o maior respeito pela biografia dele. Estamos juntos e misturado”, finalizou.

Comentários estão fechados.