Em 8 dias de campanha, Cuiabá aplica apenas 26% das vacinas Coronavac e Oxford

A campanha “Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar” continua e até quarta-feira (27) 4.691 pessoas já foram imunizadas contra o coronavírus, na estrutura montada pela Prefeitura de Cuiabá, no Centro de Eventos do Pantanal. A Secretaria Municipal de Saúde (SM) estipula que mais de 23 mil profissionais estejam aptos a serem vacinados nesta primeira fase.

Os dados a respeito do quantitativo de trabalhadores que já foram imunizados estão disponíveis no endereço eletrônico https://vacina.cuiaba.mt.gov.br/. Além disso, através do portal é possível que seja feito os pré-cadastro das pessoas que receberão a vacina contra a Covid-19.

Até o momento, Cuiabá já recebeu três lotes de vacinas por meio do Governo Federal que totalizam 17.687 doses. Este montante servirá para imunizar cerca de 75,7% dos trabalhadores da saúde da rede pública e privada da cidade, inclusos no grupo 1 do plano nacional de imunização contra a Covid-19, definido pelo Ministério da Saúde.

Ou seja, em 8 dias da campanha de vacinação, apenas de 26,5% das doses foram aplicadas. Os profissionais que estão aptos nesta etapa – com nome na lista – e não comparecerem até esta quinta-feira, terão que fazer agendamento e “concorrerão” à vacina com os demais profissionais da saúde.

No entanto, a coordenadora epidemiológica de Cuiabá, Valéria de Oliveira, informa que é imprescindível que todos compareçam ao local no horário de agendamento cadastrado, para que se evite aglomeração.

“Tudo depende que a pessoa chegue no seu horário agendado. Se atentem com horário, porque se chegarem aqui antes do horário vai ter que aguardar o seu horário para ser vacinado, não adianta vir mais cedo. Essa medida é necessária para evitar tumulto e aglomeração no Centro de Eventos”, ressalta.

A estrutura da campanha tem capacidade para fazer mil atendimentos por dia e segundo a coordenadora, o quantitativo de atendimento no local tem sido como esperado, sem intercorrências. A partir desta quinta-feira (28), Trabalhadores da saúde que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais, mas que não estão prestando serviços direto de assistência à saúde das pessoas, começarão a ser vacinados.

“Abriu-se agora para os trabalhadores da saúde dos hospitais que recebem pacientes de covid. No primeiro momento estávamos vacinando somente quem estava atuando em UTI [Unidade de Terapia Intensiva], enfermaria e recepção de pacientes com o coronavírus. Deste modo, o cozinheiro, o pessoal da limpeza, pessoal que atende outras recepções, entre outros setores, começarão a serem vacinados, para fecharmos esta fase de imunizar todos os hospitais que atendem paciente de covid. É importante se atentar que não é para todas as categorias que abriu, este novo grupo que serão vacinados é para terminar de imunizar esses profissionais que trabalham em hospitais que não foram contemplados inicialmente. Quando terminarmos com esses hospitais que atendem a covid, aí sim seguiremos para os demais trabalhadores da saúde”, explica.

Como forma de comprovar o grupo prioritário, será exigida para vacinação uma declaração emitida pelo serviço de saúde que confirme o vínculo ativo do trabalhador, além da Carteira do Conselho de Classe, se houver. O atendimento no Centro de Eventos do Pantanal funciona das 7h às 22h.

Comentários estão fechados.