Pedido de afastamento de prefeito de Cuiabá é arquivado

O pedido de afastamento do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) foi arquivado nesta terça – feira (29) com 15 votos contrários, 8 favoráveis e 1 ausência, os vereadores da Câmara de Cuiabá.

Esta é a segunda vez que a Câmara arquiva o relatório da CPI. Em 16 de julho, os parlamentares já haviam votado contra o relatório, mas a votação precisou ser refeita por determinação judicial, que constatou descumprimento do Regimento Interno na primeira votação.

Votaram pelo arquivamento do relatório da CPI os vereadores Vinicyus Hugueney (Solidariedade), Adevair Cabral (PTB), Orivaldo da Farmácia (Progressistas), Adilson Levante (PSB), Aluízio Leite (PV), Ricardo Saad (PSDB), Dr. Xavier (PTC), Juca do Guaraná (MDB), Justino Malheiros (PV), Luciana Zamproni (PMB), Luís Cláudio (Progressitas), Marcrean Santos (Progressistas), Mário Nadaf (PV), Renivaldo Nascimento (PSDB) e Toninho de Souza (PSDB).

Já os vereadores que votaram favoráveis ao afastamento do gestor foram: Abílio Junior (Podemos), Diego Guimarães (Cidadania), Dilemário Alencar (Podemos), Felipe Welaton (Cidadania), Lilo Pinheiro (PDT), Marcelo Bussiki (DEM), Sargento Joelson (Solidariedade) e Wilson Kero Kero (Podemos). A ausência registrada é do vereador Clebinho borges

Comentários estão fechados.