Barbudo assegura que não morreram 100 mil pessoas de Covid no Brasil (15/08/2020)

Barbudo Covid

O deputado federal, Nelson Barbudo (PSL), que andou meio quieto após arrumar confusão com os próprios bolsonaristas que o elegeram, aos poucos tenta recuperar o prestígio.

O caricato parlamentar, mais votado no estado em 2018, afirmou com todas as letras em entrevista que o número de mais de 100 mil mortes no Brasil na pandemia é fantasioso.

Irado com Rosa Neide

Para Barbudo, que fez questão de contrapor ataques da deputada mato-grossense Rosa Neide (PT) ao presidente, as notícias amarradas na pandemia fazem parte de um plano contra o atual mandatário do país.

“Ela (Rosa Neide) vem acusar o Bolsonaro pelas 100 mil mortes… Primeiro que não é 100 mil. A mídia extremista, a mídia marrom que a senhora adora, vem montando esses números para poder acusar Bolsonaro”, declarou ao site “O bom da Notícia”, em tom de recado para a colega de parlamento.

Palavras duras

O deputado seguiu seu relato revoltado e adjetivou a postura crítica da companheira de bancada em Brasília de “nojenta” e “asquerosa”.

“Pare de fazer oposição assassina. O Bolsonaro fez o que tinha que fazer. O STF não deixou o presidente atuar nos governos estaduais e municipais. Agora, você quer creditar essas 100 mil mortes – que não são de Covid – na conta do Bolsonaro? […] Seja honesta. Não faça política asquerosa e nojenta contra o nosso povo”, atacou.

 

 

 

Fonte: https://nmt.com.br/2020/08/14/barbudo-assegura-que-nao-morreram-100-mil-pessoas-de-covid-no-brasil/

Comentários estão fechados.