PM prende 37 homens e 21 mulheres em festinha clandestina em VG

 

Ao menos 58 pessoas, sendo 37 homens e 21 mulheres foram presas na madrugada de sexta-feira (31), após serem flagrados em uma festa clandestina, no bairro da Guarita, em Várzea Grande. Dentre elas uma advogada, de 35 anos.

A denúncia chegou à Polícia Militar de que o grupo estava com som alto, além de perturbar os vizinhos e efetuar tiros no local. Além, é claro, pela rigorosa proibição de realização de festas por conta das medidas de biossegurança, uma delas a exigência do distanciamento social imposto pela pandemia da covid-19, apesar da retomadas das atividades econômicas. Sendo, contudo, vedada a realização de festas como forma de evitar aglomeraçoes e conter a disseminação de um vírus que tem se mostrado de alta letalidade.

Quando os policiais chegaram, encontraram os suspeitos em meio a grande quantidade de bebida alcoólica, bem como narguilés e fumos.

Alguns dos participantes desobedeceram aos policiais durante a abordagem e foram contidos com o uso de força moderada. Apesar de alguns dos participantes já constarem com passagens criminais, nada ilícito foi encontrado.

Dois homens armados – com posse de arma – foram revistados. Policiais comprovaram que não foram feitos disparos das armas que eles portavam. Eles foram identificados como agentes de segurança.

A aniversariante e organizadora da festa foi identificada e junto com os participantes, foi encaminhada para a delegacia. Uma quantia de R$ 1.032 foi encontrada no local e acabou sendo apreendida pelos policiais. Os festeiros não faziam uso de máscara. (Com informações do GD)

 

 

 

Fonte: https://www.obomdanoticia.com.br/policia/pm-prende-37-homens-e-21-mulheres-em-festinha-clandestina-em-vg/70427

Comentários estão fechados.