Sorriso espera decisão do Escritório de Saúde para instalar 10 UTIs no Hospital de Campanha

O prefeito Ari Lafin debateu, esta manhã, com o presidente do Consórcio Público de Saúde Vale do Teles Pires, Edu Pascocki (prefeito de Itanhangá), o secretário de Saúde Luís Fábio Marchioro, e especialistas da rede municipal de saúde a instalação de 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva no Hospital de Campanha para atender as vítimas do coronavírus. O município tem 17 leitos, dois deles são no Hospital Regional e os outros em uma unidade particular e continua com risco muito alto de contágio da doença.

De acordo com o prefeito, o Escritório Regional de Saúde está fazendo levantamento no Hospital de Campanha para saber se a estrutura tem possibilidade de receber os leitos. “Estamos atendendo pacientes de toda a região no nosso hospital porque a saúde é direito de todos. Estamos aguardando a resposta do escritório, se há condição ou não de instalar UTI. Agora é questão de aguardar. Se a resposta for que o ambiente não é ideal, precisamos nos readequar imediatamente”, apontou Lafin que esteve, em Cuiabá, com o governador do Estado, Mauro Mendes, e o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo e recebeu a garantia da instalação dos leitos.

O presidente do Consórcio Público de Saúde Vale do Teles Pires, Edu Pascocki expôs que foi feita “visita da equipe técnica do escritório regional e está avaliando toda estrutura para passar um laudo da possibilidade, sim ou não. Não temos como ficar cobrando toda hora, já discutimos isso. Somos um consórcio de 15 municípios, então tem que se entender que dependemos dessa região. Estamos sendo parceiros do governo do estado neste momento de pandemia, então temos que nos unir. Não queremos que esses pacientes cheguem até as UTIs, estamos trabalhando muito forte com todos os prefeitos no kits de pré-atendimento, que mesmo não tendo comprovação médica, mas está prevenindo e salvando vidas”.

Ontem Sorriso registrou 43º óbito em decorrência da doença  e o número de confirmações chegou a 2.176.  Outros 66 se recuperaram e, agora, já 1.178, o que corresponde a 54,1% do total dos casos positivos desde o início da pandemia.

Recentemente, o consórcio em parceria com o governo do Estado implantou 9 UTIs no hospital regional de Sinop.

Em Nova Mutum, foram instalados 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o tratamento da Covid-19 no município nas cidades próximas, com investimento da iniciativa privada. A estrutura está no Hospital Regional Hilda Strenger Ribeiro. O governo de Mato Grosso vai bancar inicialmente os custos com atendimentos até as unidades serem credenciadas pelo ministério da Saúde.

 

 

 

Fonte: https://www.sonoticias.com.br/politica/sorriso-espera-decisao-do-escritorio-de-saude-para-instalacao-10-leitos-de-utis-no-hospital-de-campanha/

Comentários estão fechados.