Pinheiro estuda possibilidade de berçários retornarem as atividades em setembro

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) declarou que estuda alternativas para retornar com as atividades escolares do maternal e o berçário ainda no mês de setembro. Essas seriam uma das primeiras turmas a darem início de forma presencial.

Reprodução

“Estamos estudando a situação das escolas para berçário e educação infantil para retornar com as atividades ainda em setembro. Não é promessa”, disse em um vídeo publicado nas redes sociais no último sábado (25).

Segundo o gestor, algumas medidas de biossegurança devem ser anunciadas ainda nesta segunda-feira (27), entre elas, a retomada das aulas na Capital para o mesmo mês.

“Os colégios também passam por um momento de dificuldade financeira, sendo uma das primeiras atividades a serem encerradas com a chegada da pandemia e umas das últimas a serem retornadas, levando em conta que são locais de grande aglomeração”, ressalta.

Abertura do comércio

Pinheiro irá se reunir com setores do comércio para definir as novas restrições das atividades consideradas não essenciais, que poderão reabrir as portas. “Não é “liberou geral, Cuiabá é uma cidade de regras, normas e leis e que tem gestão”, enfatizou.

No vídeo, o gestor chamou de “trapalhada” as ações do poder judiciário de Mato Grosso que impuseram a quarentena obrigatória na Capital e teceu críticas ao governador Mauro Mendes (DEM) pela demora em agir a favor da economia.

“Precisamos chegar quase ao fundo do poço para que o governo do Estado entendesse Cuiabá que estava correta, entretanto até para desfazer a trapalhada que fizeram foi um final melancólico. Encerramos a noite achando que teríamos mais 14 dias de quarentena e no outro dia mudou tudo, mas esqueceram de conversar com os executores dessas medidas, os gestores e população dos municípios. Agora é necessário organizar o que fizeram”, disparou.

 

cmei aliane fatima rodrigues monteiro

Comentários estão fechados.