Estado não descarta explosão de casos da Covid, com a realização de “testes em massa”

Governo do Estado acredita que Mato Grosso possa ter uma “explosão” de casos de Covid-19 nos próximos dias, em razão do aumento no número de testes entre a população. Muitas consideradas como subnotificações e que, a partir de agora, entram no sistema, como casos oficiais.

Principalmente, em Cuiabá, com a abertura, pelo Estado, do Centro de Triagem na Arena Pantanal, em Cuiabá, com capacidade para atender 600 pessoas por dia. O objetivo é realizar testagem para diagnosticar precocemente a doença nas pessoas que apresentam algum tipo de sintoma

“As pessoas que forem ao centro de triagem, serão atendidas por um clínico. Se na análise tiver algum problema na ausculta do pulmão, já faz ali uma tomografia e de lá, sai com medicamentos. A ideia é fazer a abordagem e o tratamento precocemente, que é o que tem dado resultados”, disse Rogério Gallo.

Compramos 400 mil testes na China e vamos distribuir por todo o Estado, vamos cobrir pelo menos 10% da população com estes exames. Então, há uma grande possibilidade de termos, nos próximos dias, uma explosão de novos casos”, emendou

Apesar disso, Gallo vê um saldo positivo já que, com o tratamento precoce, há uma tendência a evitar o aumento de pessoas internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

“Esse aumento [de casos] necessariamente não é ruim, porque estamos testando e conseguindo chegar precocemente no diagnóstico e fazer o tratamento. Testando mais, as pessoas não se agravam e não lotam o sistema de saúde com internação em UTI, que é o que é mais grave”, afirmou.

O secretário inclusive citou dados da ocupação de leitos de UTIs no Estado, que já chegaram a 98% e que hoje estão abaixo de 90%.

Queda da média móvel

Na última quinta, o Governo do Estado afirmou que a média móvel de novos casos de coronavírus em Mato Grosso, registrada na última semana (13 a 19.07), apresentou queda pela primeira vez.

Conforme os dados da Secretaria de Estado de Saúde, a média de novos casos semanais registrados desde a primeira incidência da covid-19 no Estado subiu até a 16ª semana, quando chegou a 7710, uma média de 1101 por dia.

Já na última semana houve a primeira queda. Foram registrados 5813 novos casos entre os dias 13 a 19 de julho, ou seja, cerca de 830 casos por dia.

Em números totais, Mato Grosso tem 41.016 casos confirmados da doença e 1.498 óbitos pelo novo vírus.

Comentários estão fechados.