Homem se irrita ao ver mulher no telefone, a agride e ameaça matá-la

Um homem de 34 anos foi preso por lesão corporal, ameaça e porte ilegal de arma de fogo, nessa segunda-feira (13), no bairro Cohab Mutum, em Jaciara (a 143 Km de Cuiabá). O suspeito ficou irritado ao ver sua esposa falando no telefone, a agrediu, ameaçou matá-la e cometer suicídio em seguida.

A Polícia Militar foi acionada via 190 para atender uma ocorrência de violência doméstica. Ao chegar no local, os policiais encontraram a mulher, que contou que seu marido se irritou, porque ela estava falando ao celular e começou uma discussão.

Segundo ela, o homem a empurrou e, devido à força, ela acabou batendo a cabeça na parede. Em seguida, o marido disse que a mataria e depois iria cometer suicídio.

Com crueldade, o homem chegou a dizer que praticaria tal ato para que a filha do casal crescesse sem os pais.

A vítima contou ainda que o marido guarda uma arma de fogo na casa e que já chegou a encostar a espingarda em sua cabeça para ameaçá-la.

Na ação, foi apreendida uma espingarda calibre .22 e 14 munições.

O suspeito, que estava na casa, foi preso em flagrante. Ele resistiu à prisão e durante o deslocamento se debateu no carro, dando chutes e socos dentro da viatura.

Comentários estão fechados.