Após ter sintomas de Covid, presidente da Assembleia é internado em SP

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), foi internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, após apresentar sintomas do novo coronavírus. A informação, contudo, é de que o parlamentar não foi contaminado com a doença.

Botelho ligou o “sinal de alerta” nesta segunda, quando apresentou falta de ar e dor de garganta. Ele realizou o teste para a Covid-19, que deu negativo.

Porém, foi diagnosticado que um percentual pequeno de seu pulmão estava comprometido. O presidente da Assembleia tem quadro de asma.

Diante disso, ele se dirigiu a capital paulista para realizar um check-up. Os exames foram feitos na manhã de hoje e o presidente da Assembleia segue internado num quarto na unidade, aguardando os resultados.

 

Presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (DEM) tem mantido uma rotina praticamente normal de trabalho em meio a pandemia. Ele é o responsável por conduzir as sessões do plenário do legislativo, enquanto a maioria dos deputados pode participar de forma remota. Além disso, o acesso ao parlamento está restrito.

Também tem realizado reuniões com a classe política e representantes de classes para discutir o tema e outras pautas do Estado, como a reforma da Previdência.

Em nota, a Assembleia Legislativa disse que Botelho participará das sessões desta semana de forma remota.

OUTROS CASOS

Na Assembeia Legislativa, vários parlamentares já contraíram a Covid-19. Entre eles, estão Paulo Araújo (PP), Thiago Silva (MDB), Faissal Calil (PV), Max Russi (PSB) e Wilson Santos (PSDB).

Veja a íntegra da nota da Assembleia:

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (DEM), viajou na noite de ontem (13), para São Paulo, afim de fazer check-up. Mesmo em viagem, ele participará ativamente das sessões plenárias de forma remota, bem como das deliberações pertinentes à pauta da ALMT.

Comentários estão fechados.