Após decisão judicial, Rondonópolis anuncia novo ‘lockdown’

A Prefeitura de Rondonópolis acatou a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), que obriga a suspensão das atividades não essenciais no município.

Segundo o órgão, a medida é devido o aumento de casos registrados no município da Covid-19.

Fica autorizada a funcionar apenas serviços considerados essenciais para população, com base no decreto federal nº 10.282.

Assim, todas as decisões estão sendo tomadas para cumprir a determinação judicial. Com a decisão fica suspenso cautelarmente a eficácia do Decreto Municipal nº: 9.480 de 16 de abril de 2020.

O decreto 9.604 entra em vigor a partir da sua publicação com efeitos a partir desta quarta-feira (14).

Até este domingo (12), Rondonópolis registrou 2.218 casos de Covid-19.

Comentários estão fechados.