Adolescente de 14 anos morre com tiro na cabeça após amiga disparar acidentalmente

A adolescente Isabeli Guimarães Ramos, de 14 anos, morreu ao levar um tiro na cabeça dado por engano por uma amiga que manuseava a arma dos pais dentro de uma residência, no condomínio de luxo, Alphaville 1 no bairro Jardim Itália, em Cuiabá. A menor era filha do médico neurocirurgião Jony Soares Ramos, que morreu aos 49 anos, ao atropelar uma vaca na MT-251. O acidente aconteceu em 2018.

Segundo informações preliminares, o incidente aconteceu em uma casa na rua Catais. Policiais militares e civis estiveram no local atendendo a ocorrência.

As duas amigas estavam em casa e começaram a brincar com a pistola PT 380. Em determinado momento, houve o disparo fatal. Moradores escutaram o disparo e acionou a polícia que encontrou a vítima sem vida.

Existe a suspeita de que tentaram esconder a arma que gerou o homicídio. A Polícia Civil está investigando o caso.

Acidente do Dr. Jony

Na madrugada de 23 de junho de 2018, o médico pilotava uma motocicleta de grande potência, quando uma vaca atravessou na pista e ele não conseguiu desviar. O acidente aconteceu no km 8 da MT-251.

Não foi informado se ele seguia para Chapada dos Guimarães ou se voltava para Cuiabá.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamada, mas os médicos constataram a morte da vítima. A vaca também morreu no local.

Jony comandou a equipe responsável pela primeira cirurgia de uma paciente com Parkinson a fazer o procedimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Mato Grosso.

isabelidr jony

Comentários estão fechados.