Estado e Prefeitura decretam luto de 3 dias por morte de presidente da Assembleia de Deus

O Governo do Estado e a Prefeitura de Cuiabá decretaram luto oficial de três dias pela morte do líder da Assembleia de Deus em Mato Grosso, Sebastião Rodrigues de Souza, de 89 anos. Ele morreu na madrugada desta quarta-feira (8), vítima da Covid-19.

O pastor estava internado há 12 dias em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular, mas não resistiu. O filho dele, pastor Rubens Siro de Souza, também faleceu vítima da Covid-19 na última sexta-feira (3), aos 68 anos.

O pastor Sebastião liderou a Assembleia de Deus por quase 50 anos em Mato Grosso.

“Tinha por ele uma grande admiração pelo líder e homem de Deus que ele sempre foi. Sua igreja e a sua fé permanecerão vivos para sempre. Eu e minha esposa Virginia Mendes estamos em oração para que Deus conforte o coração dos familiares, amigos e dos milhares de fiéis”, afirmou o governador Mauro Mendes.

“Uma grande perda para a sociedade cuiabana, para Mato Grosso. Que Deus conforte o coração da família e dos irmãos da Assembleia de Deus que perderam seus dois líderes nesta última semana”, declarou o prefeito de Cuiabá.

Comentários estão fechados.