Dependente químico morre engasgado em clínica de recuperação de VG

O dependente químico, lvaro Knapp de Resende, 41 anos, morreu engasgado na Casa de recuperação Pai André, localizada no bairro Altos da Boa vista, em Várzea Grande, neste domingo (28).

A Polícia Civil informou que Alvaro possuía diversas passagens criminais por crimes de roubos e furtos cometidos em Cuiabá. Em uma das suas ações criminosas, no ano de 2013, ele, juntamente com um comparsa, roubou a bolsa de uma mulher na Avenida Arquimedes Pereira Lima (Av. do Moinho), em Cuiabá.

Porém, uma testemunha que passava pelo local teria visto o roubo e perseguido a dupla. Em determinado momento, Alvaro e o comparsa foram “fechados” por moradores da região. Após serem detidos, os moradores quase lincharam a dupla.

Eles foram presos pela Polícia Militar e encaminhados à delegacia.Após o fato, Alvaro teria ficado com problemas psicológicos devido às agressões sofridas.Além disso, ele era depedente químico e por essa razão foi levado à casa de recuperação para tentar se livrar do vício.

Porém, funcionários do local informaram à polícia que devido o seu problema, Alvaro tinha um hábito de colocar muita comida na boca para depois mastigá-la durante as refeições.

Na última sexta-feira (26), Alvaro teria repetido o fato e acabou se engasgando.Logo em seguida, Alvaro teria ficado roxo e foi socorrido por funcionários da casa. Em seguida, ele foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro 24 de Setembro, mas não resistiu e morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade de saúde.

O corpo do dependente químico foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para ser realizado exame de necropsia.

O caso será investigado pela DHPP. (Com informações HNT)

Comentários estão fechados.