Churrascaria favo de mel encerra as atividades na capital

A Churrascaria Favo de Mel anunciou nas redes sociais que está encerrando suas atividades em Cuiabá. A rede de churrascaria, que tem como sócio o cantor Marrone, foi inaugurada na Capital em agosto de 2019 e se envolveu em episódios polêmicos em pouco mais de nove meses de operação.

A churrascaria operava desde março no sistema delivery em virtude da pandemia do novo coronavírus. Na próxima semana, assim como outros restaurantes e bares de Cuiabá, estava prevista a reabertura do estabelecimento para receber clientes, cumprindo as normas de biossegurança para evitar a disseminação da doença.

Contudo, a churrascaria anunciou o encerramento das atividades, pegando boa parte dos clientes de surpresa. Isso porque, até o fim de semana, a empresa vinha anunciando suas ofertas no sistema delivery.

O motivo, segundo comunicado nas redes sociais, são as “incertezas econômicas” que pairam sobre o país em virtude da pandemia, que reduziu as atividades de diversas empresas. “Reduzimos despesas e tivemos significativamente redução de nossas receitas. Sendo assim, não conseguimos encontrar motivação para continuarmos desempenhando com a mesma qualidade, diversão e alegria nossos trabalhos”, diz o texto da churrascaria.

A churrascaria também comentou que, neste curto espaço de tempo de atividades em Cuiabá, viveu polêmicas que “mancharam sua imagem”. A primeira surgiu no fim do ano passado – entre o Natal e Ano Novo -, quando dezenas de clientes relataram terem passado mal após se alimentarem no local.

Outro episódio que prejudicou a imagem do restaurante foi um vídeo de larvas saindo dos alimentos. “Passamos por momentos altos e baixos, vivenciando situações delicadas, às quais nunca fugimos das responsabilidades, buscando sempre fazer as devidas correções para poder oferecer sempre produtos e serviços de qualidade”, frisou.

A Favo de Mel afirmou que, com o fechamento, 70 colaboradores diretos ficam sem emprego. “Infelizmente, o grupo gestor decide encerrar as atividades da empresa em Cuiabá a partir de hoje”, decidiu.

 

Comentários estão fechados.