CRO-MT e Coordenadoria de Saúde Bucal de Cuiabá se reúnem para debater biossegurança

Representantes do Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) e da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, por meio da Coordenadoria de Saúde Bucal, estiveram reunidos na última sexta-feira (08) para debater novas diretrizes em atendimentos eletivos na Odontologia pública na Capital.

O encontro foi solicitado pelo coordenador de Saúde Bucal, cirurgião-dentista Renei Lara da Silva, e visava debater e definir quais serão os novos critérios entre paciente e profissional após a pandemia do novo coronavírus (COVID-19) no país. Pelo CRO-MT, esteve presente o secretário-geral, José de Figueiredo, além de contar com a presença da cirurgiã-dentista e consultora de Biossegurança, Samara Valêncio.

“Ao nos chamar para debater a saúde bucal no município, o objetivo da coordenadoria já é se programar e reforçar medidas de biossegurança após o COVID-19. Ao lado do município e da doutora Samara, vamos fazer uma revisão dos protocolos de atendimento e também o levantamento de quais materiais voltados para a biossegurança serão necessários. Além disso, faremos um treinamento destes profissionais”, explica José de Figueiredo.

Este foi apenas o primeiro encontro. De acordo com o coordenador de Saúde Bucal, Renei Lara da Silva, a ideia é que mais reuniões sejam realizadas para que a saúde pública na Odontologia esteja em sintonia com a biossegurança.

Vale lembrar que, atualmente, devido à pandemia, os atendimentos eletivos na Odontologia pública estão suspensos. Apenas procedimentos de urgência, emergência e 30% da capacidade tem sido feitas, conforme decreto municipal.

Comentários estão fechados.