Ex-deputado de MT paga primeira parcela de R$ 15 milhões de acordo de delação premiada

O ex-deputado estadual José Geraldo Riva pagou, na última semana, a primeira parcela do valor combinado no acordo de delação premiada que fez com o Ministério Público Estadual. O valor pago foi de R$ 15 milhões.

A delação foi homologada no dia 20 de fevereiro pelo desembargador Marcos Machado. Documentos que teriam sido entregues pelo ex-deputado estadual José Geraldo Riva ao MPE, como parte de uma proposta do acordo de colaboração premiada, trazem à tona um suposto esquema que teria pago R$ 175 milhões em propina a deputados entre os anos de 1995 e 2015.

No documento de 105 páginas consta uma lista com os nomes de 38 deputados e ex-deputados que teriam recebido mensalinho para aprovar e não atrapalhar os interesses do governo.

O valor de R$ 15 milhões pago por Riva foi encaminhado à Secretaria de Justiça e Segurança Pública Estadual para que sejam feitas adequações e ampliação no sistema penitenciário de Mato Grosso.

Para a efetivação do acordo, o colaborador foi autorizado a ir até cidades do interior e a outros dois estados para alienar imóveis bloqueados e garantir o ressarcimento dos valores que serão destinados a obras, projetos e programas públicos.

O desembargador Marcos Machado realizou nova audiência nesta terça (3) para definir um cronograma para análise e deliberação sobre os anexos da delação.

Caso seja possível a antecipação dos valores a serem destinados pelo colaborador, conforme recebimento pelas alienações de bens bloqueados, será analisado pelas partes a conveniência de redefinição da ordem dos beneficiários, mediante alteração das cláusulas correspondentes.

As sanções decorrentes dos atos de improbidade administrativa serão realizadas pelo Juízo Especializado em Ação Civil Pública e Popular da Capital.

fonte: https://www.cenariomt.com.br/2020/03/04/ex-deputado-de-mt-paga-primeira-parcela-de-r-15-milhoes-de-acordo-de-delacao-premiada/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.