Bebê cai de escorregador de creche, sofre traumatismo e é internado em UTI

Um bebê de apenas 1 ano e 3 meses teria caído de um escorregador e batido a cabeça no chão, em um hotelzinho infantil no município de Campo Verde (136 km de Cuiabá). Com o diagnóstico de traumatismo craniano, ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica do Hospital Santa Casa em Rondonópolis (a 219 quilômetros de Cuiabá), desde o último dia 10 de janeiro.

Segundo relato da tia do menino, Ariades Oliveira, na tarde deste domingo (19), por meio do Facebook, o acidente ocorreu nas dependências do Hotelzinho Chapeuzinho Vermelho. A mulher acusa o local por descaso e omissão de socorro.

Benjamim Miguel Rodrigues de Oliveira foi encontrado desacordado no brinquedo e com sangramento no ouvido. “Até o momento não tínhamos nos pronunciado devido estarmos muito abalados com tudo que está acontecendo, porém necessitamos levar a público as informações devido ao descaso da direção da escola quanto ao caso”, escreveu Ariades. A publicação tinha mais de 270 compartilhamentos até o fechamento desta matéria.

Conforme o relato, familiares da vítima teriam sido informados por uma responsável do hotelzinho identificada apenas como Silma, no entanto, ela afirma que não estava no local no momento do acidente.

“Ela [Silma] nos disse que as demais monitoras que se encontravam no local onde o Benjamim foi encontrado desacordado com sangramento no ouvido, disseram não saber o que aconteceu, por que uma monitora tinha ido para dentro do hotelzinho levar uma das crianças e deixou o Benjamim sozinho no quintal! (Um grande absurdo)”, comentou.

“Silma supõe que ele [Benjamim] deve ter caído do escorregador e batido a cabeça (parte da nuca), porém o Benjamim também se encontrava com hematomas na face, onde fica muito difícil aceitar essa suposição! (Na verdade não existe essa possibilidade pelo tamanho da fratura que o mesmo teve) mentiras, mentiras e mais mentiras”, compartilhou.

Ariades relata que o menino teria sido socorrido com ajuda de um motociclista que passava pela rua e por uma vizinha do hotelzinho. “Quem socorreu disse que já tinha um tempo que o Benjamim estava sangrando até a mesma [Silma] chegar, porque havia sangue seco no local. Por volta das 15h00, foi socorrido o Benjamin e só comunicaram aos pais exatamente às 15h44, sendo a comunicação feita por uma menina de menor. E por negligência na prestação de socorro do hotelzinho, para com o Benjamim, ele se encontra na UTI em estado grave”, ressalta.

Benjamim foi diagnosticado com traumatismo craniano e sofreu duas paradas cardiorrespiratória. Além de já ter recebido transfusões de sangue devido a duas hemorragias, sendo uma interna.

“Queremos apenas a verdade, pois é uma vida e pessoas [direção do hotelzinho] mentido e não teve consideração para prestar socorro corretamente a uma criança, que além de tudo estava recebendo para cuidar dele. Peço a todos que continuem orando pelo Benjamim, pois o mesmo está vivo por um milagre”.

Outro lado

Procurado pela reportagem, o hotelzinho preferiu não se manifestar sobre o caso até que o Benjamim receba alta do hospital.

Fonte: Hiper Notícias

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.