Mutirão ‘Prati-Cidade’ será nesta sexta-feira no bairro Nova Fronteira

Da Redação

Na noite desta segunda-feira (25), mais de 150 moradores do bairro Nova Fronteira e imediações foram ouvidos pelos secretários e representantes de todas as pastas da Prefeitura Municipal de Várzea Grande. Realizada nas instalações da Escola Estadual “Terezinha de Jesus Silva” a denominada Assembleia Cidadã levantou as demandas dos moradores desde infraestrutura, mobilidade urbana até questões sociais e de saúde, para a realização do projeto “Prati-Cidade”, um mutirão que leva até aos moradores do bairro escolhido e adjacências, todos os serviços públicos municipais oferecidos pela Administração.

A secretária municipal de Assistência Social, Flávia Omar, avaliou que a assembleia cidadã cumpriu nessa reunião, mais uma etapa dos preparativos para a realização da 14ª edição do mutirão social ‘Prati-Cidade’. “Reunimos gestores da administração municipal, lideranças comunitárias e moradores para discutir as principais necessidades da região e reforçar os atendimentos que serão prestados à população na próxima sexta-feira, dia 29. Também estamos prestando serviços que vem ao encontro dos anseios dos moradores, com as ações iniciadas nas áreas mais pleiteadas por eles de infraestrutura e serviço urbano, iluminação pública”.

Já o secretário municipal, Breno Gomes, enfatizou a importância desses encontros que levam a administração pública para perto da população. “Assim, in loco, conhecemos a realidade e as urgências de cada comunidade e podemos trazer soluções rápidas e de maneira eficaz, consolidando de fato as melhorias que são demandas pelos munícipes. As necessidades da população não se resumem somente em troca de lâmpadas e limpeza das vias públicas, porém a realização dos mutirões propicia avanços inestimáveis nas áreas sociais e de infraestrutura, e serviços. A  Administração contribui para uma Várzea Grande melhor para se viver”.

Os presidentes de bairros presentes declararam ser parceiros incondicionais nessa proposta de atender coletivamente à região e transformar seus bairros. A exemplo de Lucília Sebastiana da Costa, presidente do Nova Fronteira, que se fez presente na reunião e destacou pontos que avançaram e outros que precisam melhorar. “Representando os moradores do bairro posso afirmar que muita coisa mudou para melhor, a exemplo, a iluminação das vias também ajuda na segurança do nosso ir e vir, a educação está de parabéns, pois nossas crianças têm uniformes, alimentação saudável e um ambiente bom para estudar. Precisamos para um futuro próximo além de água e esgoto que já soubemos que será levado ao nosso bairro e era um sonho antigo, a reivindicação diária da comunidade e por asfalto no bairro, pois sofremos com a poeira na seca e na época da chuva ruas ficam intransitáveis.

O secretário municipal de Viação, Obras e Urbanismo, Luiz Celso de Moraes disse que os moradores vão ser contemplados com asfalto novo, visto que na tarde de ontem a Caixa Econômica Federal e a Prefeitura de Várzea Grande assinaram a liberação de empréstimo no valor de R$ 80 milhões, que irá permitir à licitação de obras de asfalto em todas as regiões da cidade.

Luiz Celso informou ainda que a prefeita Lucimar Sacre de Campos assinou também ordens de serviços autorizando abertura de licitação para contratação de empresa especializada para execução das obras nesta primeira etapa dos bairros que serão beneficiados sendo eles: Nova Fronteira, Portal da Amazônia, Costa Verde, Princesa do Sol / Maringá I.

“É muito importante este contato com os moradores, porque nós mapeamos a cidade e sabemos das necessidades de cada um na questão da infraestrutura. Gradativamente a prefeitura vai avançando nas ações de asfalto. Os recursos para estas comunidades já estão disponíveis, após as licitações as obras iniciam”, disse o secretário.

O secretário municipal de Governo, Kalil Baracat pontuou que todos os questionamentos levantados pela população durante a Assembleia Cidadã foram pertinentes e servirão de pauta para que as secretarias possam dar sequência aos preparativos pré-mutirão que é a de levar melhorias na área de infraestrutura antes da realização do “Prati-Cidade”, no dia 29. “Tenho certeza que a reunião foi produtiva para todas as áreas. Prova de maturidade e consciência cidadã. Isso sem falar nos benefícios que começam a chegar à população envolvida muito antes do dia do mutirão, com ações de limpeza, serviços públicos, ações da secretaria de obras, entre outras, pois, essa é a proposta da prefeita Lucimar Campos e que tem trazido excelentes resultados à população de Várzea Grande”, pontua.

Esta será a 14ª edição do projeto ‘Prati-Cidade’ e a primeira do ano de 2019. O mutirão de serviços mobiliza equipes de todas as secretarias municipais, desta vez para os bairros Nova Fronteira, Jardim Paula II e Cohab Canelas. O evento ocorre na próxima sexta-feira, 29 de março, das 8h às 16h, na Escola Estadual “Terezinha de Jesus Silva”, bairro Nova Fronteira.

O projeto social atenderá a população in loco com uma série de serviços socioassistenciais, fiscais, jurídicos, saúde, oficinas de artesanato e de beleza, entre outros. O mutirão social é uma otimização das ações municipais, sendo uma extensão da Prefeitura na comunidade, concentrando em uma única região de uma só vez, uma gama dinâmica dos serviços prestados pela Prefeitura Municipal

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.