Política em Leverger ganha novos rumos

Da Redação

O racha que foi formado no grupo do prefeito de Santo Antônio de LevergerValdir Castro Filho (PSD), depois que o nome do vereador e presidente da Câmara Municipalda cidade, Eduardo Moreira (PSB) foi cogitado para disputar as próximas eleições municipais de 2020, deve ser reconstruído com a viabilização do nome do ex-vereadorWagner Belmiro (PP).

O grupo esta formado, e tudo indica que a cidade viverá um período de turbulências na política. Santo Antônio do Leverger não vivia há muito tempo uma crise política entre parentes…pode assim dizer.

O cenário já estava encaminhando para o grupo do prefeito Valdirzinho apoiar uma possível candidatura do vereador e presidente da Câmara Municipal da cidade de Santo Antônio do LevergerEduardo Moreira, já que outros nomes que se apresentaram no grupo, na sua maioria, estão impossibilitados de concorrer a um mandato eletivo.

Com os cargos de vereador e presidente da Câmara MunicipalEduardo Moreiraestava sendo apontado como a principal personalidade política, com condições de disputar e vencer as próximas eleições. O problema é que Eduardo Moreira passou longe de ser uma unanimidade no grupo do atual prefeito, por vários motivos, o que causou um racha, e a debandada de integrantes que já estão em conversação com o grupo de oposição.

Depois de muitas idas e vindas ao Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso(TCE/MT), Wagner Belmiro foi informado que os auditores constataram que ele foi tecnicamente induzido ao erro, o que resultou como punição o pagamento de uma multa, tornando-o legalmente habilitado para disputar as próximas eleições municipais.

Wagner Belmiro foi procurado para falar do assunto, e disse:

“Sou filho da terra, sou político, tenho trabalhos prestados em cada canto de Leverger, atendo o povo com ou sem cargo político, juridicamente eu posso concorrer a um cargo eletivo, se for da vontade de Deus e desejo do povo de Leverger, estarei à disposição do grupo e do partido para enfrentar essa disputa”, explicou Wagner.

Se por um lado, o nome de Wagner Belmiro pode aparecer como a solução para os problemas políticos de Valdirzinho, criados com a indicação do nome de Eduardo Moreira, por outro lado, Wagner Belmiro terá que ter muito jogo de cintura para viabilizar seu nome dentro da família.

Na base do prefeito Valdirzinho, tem o vereador Fábio Teixeira (PSB), que mesmo no primeiro mandato, já vislumbra o cargo de prefeito da cidade, sem falar da oposição, que tem o ex-vereador Franklig Carvalho (PSDB) e o empresário João Benedito (PSL), todos primos, que cresceram juntos pescando pacupeva na comunidade do Barranco Alto, e que tem em comum, o sonho de ser prefeito de Santo Antônio de Leverger.

Com uma família tradicional tanto na região, quanto na política, Wagner Belmiro volta ao cenário político com condições de trabalhar seu nome, porém, se quiser ser pré-candidato, vai ter que vencer a vaidade dentro do grupo do prefeito Valdirzinho, como também desenrolar o imbróglio dentro da família. – (Lauro Nazário)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.